Cadastre-see receba
informações exclusivas

Notícias

Automação Residencial: algumas tendencias para 2017

Automação Residencial: algumas tendencias para 2017

Pode-se dizer que as casas inteligentes começaram quando máquinas foram introduzidas em nossa sociedade. A partir dos anos 1900, tem sido comum a utilização de aparelhos domesticos  eletricos ou a gás , como máquinas de lavar, geladeiras, ou secadores.
 Com a introdução do X10 em 1975, tudo em casa começou a se tornar muito mais tecnológico. Hoje, a idéia de uma casa inteligente percorreu um longo caminho com residências equipadas com tecnologia que permite fácil conectividade, monitoramento e controle, a partir de um dispositivo central ou remotamente. Além disso, as características inteligentes de uma casa hoje, procuram tanto aumentar a eficiência energética da casa como o seu valor global.
A tecnologia de casa inteligente fornece aos proprietários a conveniência de ajustar ou controlar as coisas com muito menos esforço. Por exemplo, os proprietários agora podem agendar aparelhos para funcionar em determinados momentos do dia. Quando a família sai de férias, luzes ou a televisão pode ser agendada para ligar em momentos específicos, a fim de dar uma impressão de que as pessoas estão em casa, o que poderia ser uma excelente maneira de impedir ladrões.
Por um lado, as pessoas podem optar por comprar gadgets individuais e usá-los separadamente através de seus próprios aplicativos. Por outro lado, eles podem optar por ter todo o sistema de automação residencial criado (bem como mantido) por uma empresa externa de integração de sistemas.

Para ter acesso ao texto integral, clique aqui

Últimas Notícias

Carregar Mais

Aureside na Imprensa

"Descubra se vale a pena investir na automação residencial" - Portal G1- Globo (set 2016)

"A casa que pensa" - "Folha de São Paulo" (set 2016)

"Idosos conectados geram demanda por inovação" - "O Estado de São Paulo" (ago 2016)

"Mercado de Automação segue em forte crescimento" - BitMag (abr 2016)

"Classe media adere à automação" - O Diário - Paraná (mar 2016)

Carregar Mais